• 19
    AGO

      Imagem encontrada AQUI!   Em minha escola todo ano é assim, temos uma semana inteirinha para falar sobre o folclore brasileiro e para ser bem sincero, esta é a melhor semana do ano escolar para mim, pois amo poder relembrar todos os seres fantásticos que fazem esta data ficar tão especial e mágica assim. Amo as lendas do saci-pererê, do boto ro ...

     
    Imagem encontrada AQUI!
     
    Em minha escola todo ano é assim, temos uma semana inteirinha para falar sobre o folclore brasileiro e para ser bem sincero, esta é a melhor semana do ano escolar para mim, pois amo poder relembrar todos os seres fantásticos que fazem esta data ficar tão especial e mágica assim. Amo as lendas do saci-pererê, do boto rosa, da iara, do curupira, do lobisomem, claro que tenho medo de alguns, mas aí lembro que são lendas e lendas são lendas, não fazem parte da realidade e não existem.
     
    As brincadeiras folclóricas são sempre um sucesso, eu e meus amigos brincamos muito de ioiô, peteca, corda, esconde-escondee tantas outras brincadeiras que as professoras organizam sempre na semana do folclore, bom seriam se todos os dias na escola fossem assim, repletos de brincadeiras e cantigas de roda, sempre depois de brincarmos a professora nos reúne em uma enorme roda e sentados no chão começamos a cantar essas cantigas que fazem parte do nosso folclore, minhas preferidas são marcha-soldado, Terezinha de Jesus, sapo cururu, boi da cara preta e claro que ciranda-cirandinha. É tão bom e me sinto tão feliz cantado junto aos meus amigos!
     
    Tem dias em que elas, as professoras, fazem um joguinho de adivinhações conosco, confesso que não sou muito bom em adivinhas, mas teve uma que eu acertei, foi bem assim: O que é, o que é? Bebe leite, mas não bebe café. Fica no telhado, mas não é chaminé? Nessa fui o primeiro a levantar a mão e sem pensar duas vezes falei: - É o gato! Acertei e todos bateram palmas para mim, ah como amo a semana do folclore!  
     
    Nos trava línguas quanto mais treino mais enrolo a língua, não é fácil, mas é muito engraçado ver todos meus amigos e até mesmo as professoras enrolando a língua tentando acertar os trava línguas, a diversão é garantida!  Hoje treinamos esse: - O tempo perguntou ao tempo, quando tempo o tempo tem, o tempo respondeu ao tempo, que não tinha tempo, de ver quanto tempo, o tempo tem. Enrola mesmo a língua, não é?
     
    Queria que esta semana nunca terminasse e que pudéssemos sempre reviver a magia do folclore brasileiro, mas infelizmente só terei outra dessa no próximo ano e enquanto essa não termina vou aproveitar ao máximo e com certeza aprender muita coisa nova sobre o nosso folclore, semana tão boa assim... Ainda está para existir!
     

    Autora: Minéia Pacheco
     
     
    Outros contos sobre o Folclore:
     
     
     
     
     



    Avatar









    05
    AGO

            Um dia dos pais no parque!     Era um lindo domingo de agosto, naquela manhã o sol resolveu surgir radiante, brilhante e incrivelmente luminoso. Clarinha queria ter um tempo com seu pai, com seu lindo papai, era o dia dos pais e todas as crianças já tinham comprado o presente para presentear os seus, mas Clarinha não havia ...

     
     
     
     

    Um dia dos pais no parque!

     

     

    Era um lindo domingo de agosto, naquela manhã o sol resolveu surgir radiante, brilhante e incrivelmente luminoso. Clarinha queria ter um tempo com seu pai, com seu lindo papai, era o dia dos pais e todas as crianças já tinham comprado o presente para presentear os seus, mas Clarinha não havia comprado nada e queria recompensar seu lindo papai com um dia só dele, um dia para ficarem juntinhos. O sol havia ajudado, e por isso ela resolveu ir com seu papai ao parque da cidade.

     

    O parque estava lindo, repleto de flores, árvores e vários pássaros a voar por lá. O seu pai ficou feliz com a ideia da filha, aquele seria, com certeza, um dia dos pais diferente. Sentaram no banquinho do parque e Clarinha tirou da bolsa algumas migalhas de pão, deu algumas para seu pai e ficou com outras. Ela havia lido que os pássaros do parque amavam migalhas de pão e resolveu fazer essa surpresa ao seu papai.

     

    Ela levantou as mãos e logo vários passarinhos foram ao encontro das migalhas que lá estavam, ela fez um gesto para seu pai pedindo para que ele fizesse a mesma coisa e ao fazer, ficou muito impressionado quando percebeu que os pássaros vieram ao seu encontro. Eram tantos pássaros, vindos de vários lugares, louquinhos pelas migalhas que eram oferecidas para eles. Um lindo momento, único e com certeza inesquecível!

     

    Logo os passarinhos comeram todas as migalhas e voaram para longe, Clarinha olhou para seu papai e percebeu um lindo brilho em seus olhos, sentia que seu desejo de o impressionar havia dado certo, ele estava muito feliz, feliz demais, e com certeza, aquele era, até o momento, o melhor dia dos pais para ele.

     

    Clarinha não pensou mais em presentes caros, pois o melhor presente ela havia dado ao seu pai naquele dia, a simplicidade de um dia repleto de alegria, amor e magia no parque!

     

     

    MINÉIA PACHECO

    www.mineiapacheco.com.br

    Nossa missão é transmitir valores através de contos infantis.

     



    Avatar





    • Procure um lugar próximo à janela
      desfrute cada uma das paisagens
      que o tempo lhe oferecer,
      com o prazer de quem realiza a primeira viagem.
      Não se assuste com os abismos,
      nem com as curvas que não lhe
      deixam ver os caminhos que estão por vir.
      Procure curtir a viagem da vida,
      observando cada arbusto, cada riacho,
      beirais de estrada e
      tons mutantes de paisagem.
      Preste atenção em cada ponto de parada,
      e fique atento ao apito da partida.
      E quando decidir descer na estação
      onde a esperança lhe acenou,
      não hesite.
      Desembarque nela os seus sonhos.
      De aquele abraço apertado nesse Dia Dos Pais ,
      Que espera você na última estação .
      Caso seu pai não esteja a sua espera
      muitos pais estão a espera dos filhos.
      De aquele abraço com um largo sorriso
      o importante é saber , que nesse Domingo
      esteja feliz seja como filha , filho
      ou pai.
      Um abraço e um beijo carinhoso.
      Que seja eterna nossa amizade.
      Caso gostar na postagem
      deixei um mimo para você.
      No Domingo Realizarei o sorteio do livro.
      A venda também na Rede Ponto Frio.
      Para presentear seu Pai.
      Me prometa ser Feliz .
      Evanir S Garcia.

      RESPOSTA





    • Oi Pedrinho, Pode falar para a vovó que ela pode sim levar meu continho para seu bloguinho, ficaria muito feliz em vê-lo lá. Qualquer coisa é só me enviar um e-mail que o envio para vocês! Um beijo e muito obrigada pelo carinho!!

      RESPOSTA





    • Meu pai adora um carinho ele fica feliz!
      Minéia, minha vovó perguntou se pode colocar um texto seu no meu bloguinho?
      O texto sobre o pai,"O que realmente importa."
      Obrigado pelo comentário carinhoso no meu bloguinho!
      Beijinhos
      Pedro

      RESPOSTA





    • Papais querem a companhia e carinhos dos filhos por perto.Esse é um grande presente. LINDA!! Parabéns aos papais que aqui passarem! beijos,chica

      RESPOSTA









    23
    AGO

        Os personagens folclóricos estavam reunidos em uma cabana no meio da floresta, estavam conversando sobre qual deles era o mais querido pelas crianças.   Começou o curupira:   Imagem DAQUI - Sou o projetor das árvores e dos animais. As crianças me amam, pois projeto a natureza e preparo armadilhas deixando como rastro meus pés ao c ...


     
     
    Os personagens folclóricos estavam reunidos em uma cabana no meio da floresta, estavam conversando sobre qual deles era o mais querido pelas crianças.
     
    Começou o curupira:

     
    Imagem DAQUI

    - Sou o projetor das árvores e dos animais. As crianças me amam, pois projeto a natureza e preparo armadilhas deixando como rastro meus pés ao contrário, que enganam os caçadores fazendo com que eles se percam. Meu cabelo cor de fogo mexe com a imaginação delas. É claro que elas me amam mais!
     
    O saci não gostou nada disso e foi logo falando:
     
     
    Imagem DAQUI

    - Espere aí meu amigo curupira, é claro que o queridinho das crianças sou eu, o saci! Qual criança não gosta de ouvir minhas travessuras? Todas amam! Elas ficam muito felizes ao ouvirem que dou nó na crina dos cavalos, que azedo leite, estrago ovos das galinhas chocas, escondo as coisas dos outros, essas minhas travessuras deixam elas doidinhas de alegria e elas amam imitar meus pulos com uma perna só! É claro que elas me amam bem mais!
     
    Foi então que a mula-sem-cabeça começou a falar:
     
     
    Imagem DAQUI

    - Pode ser que algumas crianças tenham medo de mim, pois solto fogo pela cabeça. Mas se algumas delas forem corajosas o suficiente para tirarem meu freio de ferro, voltarei a ser a mesma mulher de antes. É que por ter me apaixonado por um padre, virei uma mula-sem-cabeça, esse ser horrível! Muitas crianças têm bom coração e pena da minha triste sina, e muita delas me amam mais do que a todos vocês!
     
    Então o boto rosa logo apareceu:
     
     
     
     Imagem DAQUI
     

    - Meus caros amigos, para quê tanta discussão? Vocês não sabem que eu, o boto rosa, sou a lenda folclórica que as crianças mais amam. Minha lenda fala de amor e de paixão, quem não gosta de ouvir algo assim? A lenda de vocês é muito assustadora e as crianças têm muito medo, mas a minha não. Sou um lindo boto que vivo num rio e me transformo sobre a luz do luar em um belo rapaz, perfumado, sedutor e com trajes brancos impecáveis. Sou um excelente dançarino, depois de muito dançar com várias moças desapareço e volto para as águas do rio e nunca mais volto a aparecer no mesmo local. Sem dúvida, elas me amam mais!
     
    Antes que os demais seres folclóricos começassem a falar, de longe eles ouviram algumas crianças conversando:
     
    - Sabe Luiz, essa semana do folclore na escola esta muito bacana, pois estou conhecendo várias lendas e amando todas, não sei qual é a mais legal.
     
    - Pois é Ricardo, esses seres folclóricos realmente são demais, cada lenda mais legal do que a outra.
     
    Depois de ouvirem isso, os seres folclóricos ficaram envergonhados, estavam discutindo em vão, pois no coração das crianças havia espaço para todos, eles eram muito queridos por elas.
     
    Então, com muita alegria eles se olharam e com muita força falaram:
     
    - VIVA O FOLCLORE BRASILEIRO!
     
     
    Autora Minéia Pacheco




    Avatar












  • 10
    AGO

    Imagem Daqui! Sei que muitos vão falar que o seu pai é que é especial, mas deixa eu te contar algumas coisas que o meu papai faz por mim... Quando estou dormindo e acordo com medo, chamo por meu papai e ele prontamente vai me atender, à s vezes ele me leva para sua cama, outras vezes leva seu travesseiro e lençol para ir dormir comigo, juntinho de mim na minh ...


    Imagem Daqui!
     
     
     
    Sei que muitos vão falar que o seu pai é que é especial, mas deixa eu te contar algumas coisas que o meu papai faz por mim...
     
    Quando estou dormindo e acordo com medo, chamo por meu papai e ele prontamente vai me atender, à s vezes ele me leva para sua cama, outras vezes leva seu travesseiro e lençol para ir dormir comigo, juntinho de mim na minha cama até eu adormecer novamente. Seu papai faz isso?
     
    Todas as noites antes de dormir ele me ensina alguma coisa, se hoje sei as letrinhas do alfabeto, se hoje sei contar direitinho, foi tudo mérito do meu papai que me ensina todas as noites, mesmo depois de um dia cansativo de trabalho. Seu papai faz isso?
     
    Ele brinca muito, muito mesmo comigo. Brincamos de carrinho, de bola, de pega-pega, de esconde-esconde, e nessas horas ele é tão criança quanto eu. E como ele sabe que eu não gosto de perder, sempre dá um jeitinho, um jeitinho todo especial seu de me fazer ganhar algumas vezes, não é legal meu papai?
     
    Ele faz de tudo para me ver feliz, trabalha muito para poder me dá uma vida confortável, bons estudos e alguns mimos.  Meu papai também briga comigo quando eu mereço, ele não é perfeito, mas fico feliz com essa imperfeição dele, pois também preciso de uns carões de vez em quando. 
     
    Meu papai é muito importante para mim, eu o amo muito, amo de verdade e todos os dias falo isso para ele. E agradeço sempre a Deus por ter me dado um papai tão especial assim. Ele é meu grande amigo, alguém que sempre poderei contar.
     
    E seu papai é assim também? Se for, fico feliz por você, pois encontrar pai tão especial assim não é nada fácil não!
     
    E que no dia dedicado a eles, que possamos retribuir todo esse carinho, todo esse amor enchendo-os com muitos, muitos beijinhos!
     
     
     
    Autora Minéia Pacheco



    Avatar





    • Oie, depois que a Sara chegou ficou mais corrida a vida...enfim, Minéiaa Ana Letícia e a Sara, tem o segundo melhor pai do mundo - já que o Bruninho tem o primeito - rsrsrsr e ele faz exatamente essas coisas tbm. Temos que agradecer por esses presentes em nossas vidas tds os dias!!
      bjs

      RESPOSTA





    • OI Minéia, lindo demais como sempre. Sou muito sua fã e aguardo ansiosa pelo segundo livro.
      Todos os pais são especiais para os seus filhos, né? Ou quase todos.
      beijos
      Chris
      http://inventandocomamamae.blogspot.com/

      RESPOSTA





    • lindo moça!

      quisera que todos os meus "pequenos" tivessem um pai assim, e que todos os "pequenos" do mundo tivessem um pai presente sempre!... lindo e emocionante seu texto...

      beijosssss e linda semana pra ti.

      Su.

      RESPOSTA





    • Linda e emocionante homenagem, devemos assim como o Bruninho olhar o bem que o outro nos faz. Como sempre vc está de parabéns.

      RESPOSTA





    • Que amor isso!!! Parabéns ao papai do Bruninho e a todos que aqui passarem!! beijos,chica

      RESPOSTA





    • Mineia,que bonita homenagem do Bruninho para seu pai!Sempre me emocionam esses textos!bjs e feliz dia dos pais pra vcs tb!

      RESPOSTA





    • Oi Minéia!
      Que gostosa estória!
      todos teus contos tem uma característica especial: passar sempre um boa e reflexiva mensagem.
      Amei!
      um feliz dia dos pais para ti.
      abração com carinho

      RESPOSTA





    • Olá Minéia, todas as crianças deveriam ter um pai especial como o Bruninho!
      Amara
      O meu pai é especial!!
      Beijos
      Pedro

      RESPOSTA









    24
    AGO

    Trava línguas! - Juquinha, é a semana do folclore na minha escola e a professora pediu para cada aluno da minha turma levar algum trava língua para a aula de amanhã. - Quanta coincidência Joana, minha professora também pediu a mesma coisa para a minha turma. Mas, o que é trava línguas? - Pelo que já pesquisei é uma brincadeir ...



    Trava línguas!




    - Juquinha, é a semana do folclore na minha escola e a professora pediu para cada aluno da minha turma levar algum trava língua para a aula de amanhã.

    - Quanta coincidência Joana, minha professora também pediu a mesma coisa para a minha turma. Mas, o que é trava línguas?

    - Pelo que já pesquisei é uma brincadeira com palavras e frases que devem ser faladas rapidamente sem pausa. Vamos a minha casa pesquisar alguns trava línguas para levarmos a escola amanhã?

    - Vamos sim, vai ser legal.

    Chegando à casa de Joana, eles sentaram em frente ao computador e começaram a ler os vários trava línguas achados em um site de busca na internet.

    - Olha esse Joana: - O rato roeu a roupa do rei de Roma!

    - Muito bom, ouve esse: - Três pratos de trigo para três tigres tristes!

    - Esse é muito complicado. Escuta esse: - A vaca malhada foi molhada por outra vaca molhada e malhada. Minha língua enrolou toda!

    - Não consigo pronuncia esse que você falou, enrolado demais! Ouve esse: - Pinga a pia apara o prato, pia o pinto e mia o gato!

    - Não Joana, desisto! Esses travas línguas são muito difíceis.

    - Não são não, é só uma questão de prática.

    - Então vamos pratica mais, não é? Não quero passar vergonha na aula amanhã.

    - E nem eu... Olha esse, vamos falar juntos?

    - Vamos sim.

    E ambos falaram:

    - Sabendo o que sei e sabendo o que sabes e o que não sabes e o que não sabemos, ambos saberemos se somos sábios, sabidos ou simplesmente saberemos se somos sabedores.




    Autora Minéia Pacheco
     



    Avatar





    • Ah, acho que não tem um ser se quer que não se enrole! Muito bom!

      Bjos, Elaine

      RESPOSTA





    • KKK...Que bonitinhos os dois falando os trava linguas!É pra embolar mesmo!...rss...sensacional sua história!bjs,

      RESPOSTA





    • Nossa!!!!
      Como eles conseguiram falar esse trava- língua???
      É muito difícil pra mim!!!
      Eu sou ruim, mas se eu conseguir pegar a prática treinando, vou conseguir rapidinho!!!!
      Adorei!!!
      Bjs do Neno

      RESPOSTA





    • kkkk

      adoro esses trava linguas, eu travo toda aqui, imagina as crianças, é só risada...

      amei esse post amiga querida...

      tá terminando a pós, que maravilha, eu termino só em junho do ano que vem... preciso pensar no artigo, estou meio sem idéia pra temas, se você tiver alguma sugestão, vou adorar!!!!


      beijos e lindo dia por aí!

      Su.

      RESPOSTA





    • MUITO BOM!!!http://zildasantiago.blogspot.com – 493
      TEM SORTEIO NO BLOG 493...PARTICIPE!!! É SÓ COMENTAR E GANHAR UM LIVRO A SUA ESCOLHA NO VALOR DE ATÉ $100,00.PARTICIPE!!!!É SÓ COMENTAR NA POSTAGEM DOS 500 SEGUIDORES!!

      RESPOSTA





    • Oi Minéia!
      Agora enrolou tudo,kkk.
      Já é difícil de falar.Rápido ainda então nem tento que não consigo.
      Tente falar rápido umas bem antigas:
      Num ninho de marfagafos tem sete marfagafinhos.
      Quem desmafagar os sete marfagafinhos, bom desmafagador será.
      Ou um tigre, dois tigres, três tigres.
      Obrigada pela presença sempre carinhosa.
      abração

      RESPOSTA





    • Muito bom, Minéia!

      Sabe que hoje de manhã Sofia me falou sobre Trava Línguas também? Achei tãaao bonitinho..

      Vou usar esses com ela e depois te conto.

      Bjs!!

      RESPOSTA





    • OI MInéia,
      muito legal os trava-línguas e a historinha.
      A Sofia faz um trabalho da escola sobre folclore que tinha que contar uma lenda, uma parlenda, uma brincadeira.
      beijos
      Chris
      http://inventandocomamamae.blogspot.com/

      RESPOSTA





    • Oi Minéia,
      amei a brincadeira!
      Essa última eu também não conhecia.... e me enrrolei toda pra falar aqui! Hahahahahaha...
      Beijos
      Chris
      http://inventandocomamamae.blogspot.com

      RESPOSTA





    • Adorei, estou eu na escola usando a cultura popular para alfabetizar, usei o poema da Anne hoje a, amanhã usarei o seu ok? ahahahah bjsssssssssssss

      RESPOSTA





    • Oi minha querida, amo trava-línguas.
      Conheço todas as primeiras, mas essa última que os dois vão treinar, ah essa eu nunca ouvi.
      Vivendo e aprendendo.
      Amei e vou copiar pra passar pros meus meninos.

      Beijos com carinho.

      RESPOSTA





    • Nooooooooooooossa, até eu me enrolei,srsr Lindo e a criançada vai adorar! beijos,chica

      RESPOSTA









    22
    AGO

      Saci-Pererê estava feliz demais, pois a semana do folclore estava chegando e ele mais uma vez seria lembrado por várias crianças de todo Brasil.   - Amo a semana do folclore. Fico um ano inteirinho esquecido na memória das crianças, mas quando a semana do folclore chega sou relembrado e isso me deixa muito feliz! – Falou o Saci.   ...

     
    Saci-Pererê estava feliz demais, pois a semana do folclore estava chegando e ele mais uma vez seria lembrado por várias crianças de todo Brasil.
     
    - Amo a semana do folclore. Fico um ano inteirinho esquecido na memória das crianças, mas quando a semana do folclore chega sou relembrado e isso me deixa muito feliz! – Falou o Saci.
     
    O Saci-Pererê ficava se gabando diante dos outros seres folclóricos falando que ele era o mais querido pelas crianças, pois tinha a fama de ser brincalhão e de aprontar muitas travessuras.
     
    - As crianças amam saber minhas aventuras, minhas travessuras! – Ele falava.
     
    Mas é verdade, toda criança gosta das histórias desse menininho negrinho de uma perna só, com um cachimbo na boca e com um gorro vermelho que lhe dava poderes mágicos.
     
    - Minhas travessuras preferidas são espantar cavalos, queimar comida e acordar pessoas com gargalhadas! – Ele falava.
     
    A lenda também diz que o Saci se manifesta como um redemoinho de vento e folhas secas, e pode ser capturado se lançarmos uma peneira ou um rosário sobre o redemoinho. Se alguém tomar-lhe a carapuça, tem um desejo atendido. Se alguém for perseguido por ele, deve jogar cordões enozados em seu caminho, pois ele vai parar para desatar os nós, permitindo que a pessoa fuja. Às vezes se diz que ele tem as mãos furadas na palma, e que sua maior diversão é jogar uma brasa para o alto para que esta atravesse os furos.
     
    - Vou me preparar, pois minha semana já está começando e terei muitos lugares para visitar e crianças para conhecer... a Semana do folclore deveria ter todo mês, como é bom ser relembrado e poder reviver minha lenda com as crianças. – Ele falou.
     
    Viva o folclore Brasileiro!
     
     

    Autora Minéia Pacheco

     



    Avatar





    • Oi MInéia,
      concordo que semana do folclore deveria ter todo mês. Muito bom relembrar essas histórias.
      beijos
      Chris
      http://inventandocomamamae.blogspot.com/

      RESPOSTA





    • Oi Minéia,
      Linda a historinha do saci!!! Amei!
      Que legal que você curtiu a postagem sobre a feira da escola! Já tem postagem nova sobre livros infantis lá no Blog! Depois dá uma olhada! ;)
      Beijos
      Chris
      http://inventandocomamamae.blogspot.com/

      RESPOSTA





    • bom dia moça querida...

      o Saci é o ícone do folclore mesmo... entre tantas lendas, acho que ele é o mais famoso!rs

      Linda historinha, adorei!!!

      Beijokas e lindo dia!

      Su.

      RESPOSTA





    • A minha Aninha ama o Saci!
      Ótimo texto.
      Beijinhos***

      RESPOSTA





    • oIIII..adorei o blog,ja estou seguindo!!! Meu filho se amarra em historias!!Adorei a ideia do blog,e adorei ver mais uma mamãe nordestina na blogsfera!!!:-)
      beijos,otima semana!!!

      RESPOSTA





    • Mineia,que sacizinho mais fofo esse seu!Adorei o conto e a forma como vc passa o conhecimento para as crianças!Obrigada por divulgar meu livro por aqui!Bjs,

      RESPOSTA





    • O nosso país é rico em cultura. viva o folclore brasileiro !a lenda q eu mais gosto é a do neguinho do pastoreio.conheces?
      beijokas

      RESPOSTA





    • Oi Minéia,lindo texto!
      Adoro a lenda do Saci, meu neto faz muitas perguntas sobre o Saci. A escola está mandando vários trabalhos sobre o folclor, ele está muito interessado.
      Com carinho.
      Bjss

      RESPOSTA





    • Viva o folclore brasileiro sim!!!
      E que delícia que é o saci-pererê, eu o acho charmoso até.
      Adorei saber que se a gente pegar a carapuça dele, um desejo nosso será atendido.
      Quando eu for no sítio do pica pau amarelo, aqui na cidade vizinha de Taubaté, vou fazer isso...rsrs.
      Sou sapeca.

      Amei seu texto querida.
      Beijos de uma deliciosa semana do folclore.

      RESPOSTA





    • Viva o Folclore brasileiro mesmo, Minéia!!
      Tem tanta coisa linda pra "ler, ouvir e sonhar"!
      Bom sempre ler você e estar aqui, nesse espacinho tão gostoso!

      E obrigada por tua visita e comentário carinhoso no blog da Bárbara Editora, sobre o lançamento do livro da Anne! Assim que realizarmos o lançamento "oficial", entraremos em contato!

      E sabe... rs... Quando pensar em publicar o teu próximo livro, vamos adorar fazer um orçamento pra você, totalmente sem compromisso!

      Um beijo e meu carinho sempre!

      RESPOSTA





    • Linda essa lenda do saci e temos tantas que representam nosso folclore.Muito legal! beijos,linda semana,chica

      RESPOSTA












  • 12
    AGO

      Netinho não acordou muito bem naquela linda manhã de agosto. Sentia sua garganta seca e ao tentar falar a voz não saía. - E agora?! – Pensou. Seu pai como de costume, assim que acordou foi ao seu quarto para acordá-lo e se surpreendeu ao ver Netinho já acordado. - Nossa filho, primeira vez que chego ao seu quarto e vejo você ...

     


    Netinho não acordou muito bem naquela linda manhã de agosto. Sentia sua garganta seca e ao tentar falar a voz não saía. - E agora?! – Pensou.


    Seu pai como de costume, assim que acordou foi ao seu quarto para acordá-lo e se surpreendeu ao ver Netinho já acordado.


    - Nossa filho, primeira vez que chego ao seu quarto e vejo você acordado. Muito bem! Agora se levante e arrume-se para ir à escola, estou te esperando na cozinha para tomarmos nosso café da manhã.


    Mas Netinho nada respondia...

    - O que houve filho?! Você está bem?


    Netinho apenas colocou o dedo em sua garganta.


    - Abra a boquinha para o papai ver.


    Netinho abriu...


    - Minha nossa filho sua garganta está muito inflamada! Fique na cama que irei agora mesmo ligar para sua pediatra e perguntar qual remédio devo lhe dar.


    Algum tempo depois...


    - Olha aqui filho, tome tudo... Ainda bem que tínhamos o remédio em casa. Resolvi não ir trabalhar hoje para passar o dia com você! A pediatra falou repouso total, então vamos assistir um pouco de televisão aqui na sua cama?


    Netinho fez que sim com a cabeça... Algum tempo depois já cansados de tanto ver televisão o papai sugeriu uma aventura!


    - Filho vamos fazer uma aventura? Já estou cansado de tanto ver televisão.


    Mas Netinho apenas apontou para a garganta.


    - Nossa aventura será imaginária, eu vou falando e você vai desenhando, topa?


    Netinho fez que sim com a cabeça, estava feliz com a ideia!


    - Era uma vez dois piratas em alto mar, estavam atrás de tesouros escondidos nas profundezas do mar.... Você está desenhando tudo Netinho?


    E ele fez que sim com a cabeça...


    - Os piratas estavam decididos a só voltarem para casa depois que estivessem com o tesouro nas mãos, mas eles estavam com um probleminha, como iriam pegar o tesouro em alto mar se eles tinham medo de água?...


    Então Netinho começou a rir e escreveu:


    - Papai, piratas não tem medo de água!


    O papai leu e falou:


    - Mas esses tinham!


    E continuou a história...


    - Como eles eram muito espertos, fizeram amizade com uns golfinhos que por ali passavam e pediram para que eles pegassem a caixa de tesouros que estava no fundo do mar, e os golfinhos foram...


    Netinho nesse momento já não conseguia desenhar nada de tanto rir da aventura maluca que o pai inventava.


    - Voltaram com a caixa e os piratas ficaram muito felizes com tanto tesouro, agora estavam ricos e felizes! Voltaram para casa e dividiram todo aquele tesouro com todos os moradores da região, pois eles eram piratas do bem e trouxeram alegria para todos! E então filho? Gostou na nossa aventura?


    - Eu amei papai! Você é muito engraçado...


    - Filho você já está falando? E sua garganta?


    - Papai fiquei bom ligeiro diante de tanta alegria, não a doença que resista aos cuidados carinhosos de um pai! Obrigado papai por cuidar de mim e por fazer com que eu, mesmo nessa cama, pudesse viver uma incrível aventura dessas com você, eu te amo!


    - Nossa filho estou sem palavras! Não fiz mais do que meu papel de pai e também te amo muito!

     

    Para todos os pais... UM FELIZ DIA!!!


    ...Curtam seus filhos, ame-os sempre!...

     

    Autora Minéia Pacheco

     




    Avatar









    10
    AGO

    Meu SUPER papai! Alice e Bento tinham algo em comum além de serem irmãos, amavam incondicionalmente o pai. Quando eles ouviam de longe o barulho da chave de casa do papai eles ficavam eufóricos e gritando: - Papai chegou!!! Corriam em sua direção e depois de muitos abraços e beijos esperavam o momento mais especial do dia... A gangorra nos braç ...




    Meu SUPER papai!



    Alice e Bento tinham algo em comum além de serem irmãos, amavam incondicionalmente o pai. Quando eles ouviam de longe o barulho da chave de casa do papai eles ficavam eufóricos e gritando:

    - Papai chegou!!!

    Corriam em sua direção e depois de muitos abraços e beijos esperavam o momento mais especial do dia... A gangorra nos braços do papai!

    Para eles não existia no mundo momento mais feliz do que aquele, como era bom poder brincar de gangorra nos braços do papai!

    - Papai como o senhor consegue nos levantar em seus braços? – Perguntou Alice.

    - É papai, como consegue? – Também perguntou Bento.

    - A vontade de ver esse sorriso lindo de alegria no rostinho de vocês é que me dá forças! Mas, agora já é hora de descer, o papai passou o dia trabalhando e merece descansar um pouco, não é?

    - Tudo bem papai. – Falaram os dois.

    O pai tomou um super banho e juntos foram jantar, depois do jantar o papai deitou no sofá e foi assistir as notícias do dia quando de repente, percebeu alguém mexendo em seus pés, era Alice e Bento.

    - O que vocês estão fazendo? – Ele pergunta.

    - Estamos fazendo massagem em seus pés papai, o senhor gosta? – Eles perguntam.

    - Claro que gosto, mas já está na hora de vocês dormirem.

    - Papai queremos lhe agradar também! – Falaram.

    - Mas já está tarde, o papai não quer dá trabalho para vocês.

    - Não é trabalho nenhum, se o senhor gosta é nossa maior alegria poder fazer algo que lhe faça feliz!

    - Sou o pai mais feliz desse mundo por ter uns filhos tão especiais como vocês.

    - Nós é que somos os filhos mais sortudos do mundo por ter um pai que, mesmo cansado depois de um dia de trabalho, ainda nos suporta nos braços brincando de gangorra! Nós te amamos papai!

    - Também amo vocês demais filhos queridos!

    E juntos, ficaram ali no sofá da sala, abraçados e felizes!



    Recadinhos para os papais: - Brinquem muitos com seus filhos, momentos como esses serão sempre lembrados com muito carinho por eles. Brincar com os filhos... NÃO TEM PREÇO!

     



    Autora Minéia Pacheco
     



    Avatar





    • amiga querida, lembro tão pouco do meu pai, mas o pouco que lembro era assim como essa historinha, cheinho de amor e carinho...

      nossa, que saudade senti dele agora...

      amiga, desculpe a ausência, o Rafinha estava doente, foi uma semana difícil aqui, mas ele já esta melhorzinho...

      beijos e agora vou pra próxima historinha...

      Su.

      RESPOSTA





    • Q linda história !!!
      Amei.
      Bjks

      RESPOSTA





    • Que blog lindo!!! Estou encanatada. Além do Depois dos 25... também sou uma das editoras do blog O que elas estão lendo!?

      Que tal dar uma entrevista por lá? o endereço é www.oqueelasestaolendo.com e o e-mail elasestaolendo@gmail.com

      Beijos

      RESPOSTA





    • Oi Minéia,
      que história mais linda!
      Fiquei feliz pela sua visita! Que bom que gostou da receita, pode fazer pq ficou bom mesmo!
      Beijos
      Chris
      http://inventandocomamamae.blogspot.com/

      RESPOSTA





    • Mineia,que bela história de amor!Muito bom ler textos tão amorosos!Bjs,

      RESPOSTA





    • Oi Minéia, que pai bom esse hiem?
      Adorei a historia e a visita!!!
      Bjs do Neno

      RESPOSTA





    • Bom dia MInéia!
      Uma bela e sensível mensagem aos papais.
      Nada como um bom carinho e abraço paterno.
      uma excelente quinta-feira para ti.
      abração

      RESPOSTA





    • Que linda história e adorei o recado importante...Isso é tudo de bom!beijos,chica

      RESPOSTA





    • Olá amiga querida!
      Antes de mais peço desculpa pela demora... :(
      desde que cheguei de férias tenho tido muitas coisas para tratar em casa e ainda não tinha conseguido cá passar...
      Mas estava já com mts saudadinhas suas!!=^.^= Passei também para trazer um miminho de amizade:
      http://dl.dropbox.com/u/2444571/Meu%20Blog/2011%20extrinhas%20blog/mimo%20amizade.gif

      Espero que goste:) bjinhos e bom restinho de semana:)
      Joana Neves
      http://joana-neves.blogspot.com

      RESPOSTA









    08
    AGO

      Ao Papai!   Agora para vocês vou confessar: - Meu papai é muito especial! Deus caprichou direitinho E pra mim não tem outro igual. Com ele, sei que sempre posso contar E quando estou triste Com um abraço super gostoso Ele vem me confortar! Faz tudo para me ver feliz E se eu choro, acreditem... Ele pede para chorar por mim! Vocês já viram papa ...


     

    Ao Papai!

     

    Agora para vocês vou confessar:
    - Meu papai é muito especial!
    Deus caprichou direitinho
    E pra mim não tem outro igual.


    Com ele, sei que sempre posso contar
    E quando estou triste
    Com um abraço super gostoso
    Ele vem me confortar!


    Faz tudo para me ver feliz
    E se eu choro, acreditem...
    Ele pede para chorar por mim!
    Vocês já viram papai assim?


    Brinca comigo todos os dias
    E me faz rir de montão
    Ele é um super papai
    Nunca vi nada igual não!


    E neste dia quero dizer
    Que amo muito ele
    Muito mesmo
    Pra valer!


    Papaizinho querido:
    Obrigado por existir
    Por ser meu papai
    E por me amar tanto ASSIM!

    FELIZ DIA DOS PAIS!
     

     

    MINÉIA PACHECO

    www.mineiapacheco.com.br

    Nossa missão é transmitir valores através de contos infantis.




    Avatar





    • Q bebê lindo!

      RESPOSTA





    • Linda a tua família.Deus a abençôe e a proteja contra as armadilhas da vida.Seja Ele a bússola a guiar vocês.bjs

      RESPOSTA





    • Ei Minéia!

      Eu e Sofia estamos aqui pra dar nossos parabéns pro pai do Bruno.

      Linda homenagem.

      Bjs!!

      RESPOSTA





    • Oi Minéia, vc visitou o meu bloguinho já faz um tempo. Mas eu estava fora e não vi. só agora pude retribuir o carinho. Eu volto viu. Bjocas!

      RESPOSTA





    • Oi Minéia como vai? Acabei d epostar as fotos da festinha de pais na escolinha de Alice, hoje saímos e foi maravilhoso, vi a barraquinha ela adorouuuuuuuuuuuuuuu.Amiga nãos ei se vc já votou nela, pq tanta gente que esqueço, se não vota e me ajuda se puder e desejar pedindo aos seus leitores, agora três crianças vão ganhar a sessçai de fotos e eu quero muitoooooooooooooooooo pois é tão caro e não posso e preciso. bjssssss


      vote em Alice n° 1 http://gracielalindnerphotography.com/2010/07/21/vote-agora-e-escolha-o-vencedor-promocao-junina/#more-2404

      RESPOSTA





    • Linda e carinhosa homenagem ao papai do Bruno.Parabéns à ele e um beijo pra ti!chica

      RESPOSTA





    • Oi Minéia,
      Linda a homenagem para o pai do Bruno.
      Um ótimo Domingo para vocÊs.
      beijos
      Chris
      http://inventandocomamamae.blogspot.com

      RESPOSTA












  • 06
    AGO

      O que Realmente Importa!   Jonas era um garoto que tinha sempre tudo que desejava, seu pai sempre dava tudo que ele pedia e assim não lhe faltava nada. Quando via algum comercial de brinquedos novos ele esperava seu pai voltar do trabalho e assim que ele chegava, corria ao seu encontro e fazia o pedido e a resposta sempre era positiva.   Jonas tinha um grande amigo na escol ...

     

    O que Realmente Importa!

     

    Jonas era um garoto que tinha sempre tudo que desejava, seu pai sempre dava tudo que ele pedia e assim não lhe faltava nada. Quando via algum comercial de brinquedos novos ele esperava seu pai voltar do trabalho e assim que ele chegava, corria ao seu encontro e fazia o pedido e a resposta sempre era positiva.

     

    Jonas tinha um grande amigo na escola, Beto, eles brincavam sempre juntos, na hora do recreio, como Beto não ganhava muitos brinquedos do pai como Jonas, todos os dias ele levava o mesmo carrinho para a escola, então, um dia, Jonas falou:

     

    - Beto, você não tem outro brinquedo não? Todo dia é o mesmo!

     

    E Beto respondeu:

     

    - Não, tenho apenas esse carrinho, mas não ligo, gosto muito dele!

     

    - E você não abusa de brincar com ele todos os dias? (Perguntou Jonas)

     

    - Claro que não, todos os dias eu e o meu pai brincamos com ele, e a cada brincadeira nossa, sinto que esse meu carrinho está cada vez mais novo, pois nos divertimos muito com ele. (Respondeu Beto)

     

    Jonas ficou pensativo por alguns minutos e perguntou:

     

    - Você e seu pai brincam juntos?

     

    - Claro que sim, todos os dias! (Respondeu Beto)

     

    - Todos os dias? (Perguntou Jonas surpreso)

     

    - Sim, todos os dias ao chegar em casa depois do trabalho meu pai tira uma horinha para brincar comigo, para mim, é o melhor momento do meu dia! E você brinca muito com seu pai?

     

    Jonas não respondeu a pergunta do seu amigo, ficou calado...

     

    - Jonas, o que houve? Está tudo bem? (Perguntou Beto preocupado)

     

    - Está tudo bem sim... Vamos que já está na hora de irmos para casa!

     

    Jonas foi para casa de cabeça baixa e pensativo, falando consigo mesmo:

     

    - Por que eu e meu pai nunca brincamos juntos?

     

    E teve uma ideia:

     

    - Hoje, assim que meu pai chegar do trabalho, irei chamá-lo para brincarmos juntos com meu novo conjunto de carrinhos!

     

    E foi para casa feliz e muito ansioso para que seu pai chegasse logo... O tempo passou e enfim ele havia chegado em casa, correu ao seu encontro e falou:

     

    - Pai, vamos brincar lá no meu quarto com aquele conjunto novo de carrinhos?

     

    Jonas esperava uma resposta positiva de seu pai, aliás, ele nunca havia negado nada ao filho, é claro que ele iria brincar com ele, porém...

     

    - É claro que não irei brincar, você pensa que tenho tempo para isso? Porque você acha que sempre te dou tudo que me pede... Para poder me deixar em paz e ir brincar sozinho!

     

    Jonas ficou muito triste e decepcionado com a resposta de seu pai, correu para seu quarto e foi chorar... Chorou muito! Tudo o que ele queria naquele momento era poder brincar com ele! De que adiantava tantos brinquedos naquele quarto?

     

    Pensou em seu amigo Beto e seu único carrinho, o quanto ele era feliz brincando todos os dias com seu pai, e não se importava em ter outros brinquedos... Enquanto ele com tantos, mas sem a presença do pai para brincar.

     

    E naquele mesmo dia Jonas aprendeu uma grande lição, o que realmente importava não era a quantidade de brinquedos que cada criança tinha, e sim, o prazer de ter nosso pai brincando conosco. E a partir daquele momento, ele deixou de lado todos eles e não pediu mais brinquedos novos ao seu pai.

     

    Percebendo que o filho andava um pouco triste e cabisbaixo, o pai foi falar com ele:

     

    - O que anda acontecendo com você, filho? Nunca mais você pediu brinquedo novo e não vejo mais brincando com os seus.

     

    - Eles não me interessam mais. (Falou Jonas)

     

    - Por quê? (Perguntou o pai)

     

    - Porque o que realmente quero é ter você aqui brincando comigo, não quero saber mais dos meus brinquedos, só de você!

     

    - Mas filho, você sabe o quanto trabalho, chego tão cansado em casa e tudo o que quero é poder descansar.

     

    - Papai, te peço, tenha um tempinho para mim... Preciso tanto de você!

     

    Ao ouvir o apelo do filho, o pai encheu os olhos de lágrimas, percebendo o quanto o filho precisava dele, o abraçou e prometeu dedicar mais tempo do seu dia para estar com ele, só os dois!


    Daquele dia em diante os dois passaram a brincar e se divertir muito todos os dias, pois aprenderam que não importa os presentes recebidos, e todos os gostos serem atendidos. Se não houver tempo e amor, nada valerá!

     

    ((Esse recadinho é para os pais... Brinquem mais com seus filhos, estejam mais presentes na vida deles e tenham um lindo DIA DOS PAIS!))

     

    MINÉIA PACHECO

    www.mineiapacheco.com.br

    Nossa missão é transmitir valores através de contos infantis.

     



     




    Avatar









    04
    AGO

    (Fonte das imagens: Google!) Sonho de criança! A bela Larissa era meiga, carinhosa, e muito amiga de seu pai. Ela não conseguia dormir sem receber um beijo de boa noite do seu querido papai. Todos os dias era a mesma coisa, ela se trocava, escovava os dentes, fazia sua oração e deitava para esperar o delicioso beijinho dele. Mas naquela noite ao ver seu pai entrando ...


    (Fonte das imagens: Google!)

    Sonho de criança!

    A bela Larissa era meiga, carinhosa, e muito amiga de seu pai. Ela não conseguia dormir sem receber um beijo de boa noite do seu querido papai. Todos os dias era a mesma coisa, ela se trocava, escovava os dentes, fazia sua oração e deitava para esperar o delicioso beijinho dele.

    Mas naquela noite ao ver seu pai entrando no quarto percebeu que ele estava muito triste e perguntou o que havia acontecido, porém ele apenas falou:

    - Não se preocupe filhinha, amanhã estarei melhor, tenha uma boa noite!

    Larissa não se conformou com a resposta do seu pai, ao vê-lo sair do quarto, levantou-se e foi até a porta do quarto para ouvir o que ele e sua mãe conversavam:

    - Querida, o que vamos fazer agora? (Falava o pai para sua mãe)

    - Querido, não se preocupe, vamos dormir e amanhã acordaremos mais calmos e pensaremos no assunto. (Falou a mãe)

    - Mas e nossa pequena Larissa, como poderemos continuar pagando sua escola se agora estou desempregado? (Falou o pai)

    - Vamos ter calma, tudo dará certo! Agora vamos dormir e esfriar nossa cabeça! (Falou a mãe)

    Larissa voltou para sua cama muito triste, ela amava tanto seu pai e não queria vê-lo triste, deitou-se, passou alguns minutos pensando em tudo que havia escutado e adormeceu...

    Enquanto dormia Larissa teve um lindo sonho, sonhava que havia acordado e que seu pai estava na cozinha super feliz e falando:

    - Não acredito que consegui um emprego! Estou muito feliz e irei ganhar bem mais do que ganhava no outro.

    Mas Larissa, em meio a felicidade do seu pai em seu sonho... acordou!

    E pensou:

    - Que pena que tudo não passou de um sonho, de um lindo sonho! Queria tanto que ele fosse real, queria tanto ver meu querido papai feliz.

    Levantou-se e foi ao banheiro lavar o rosto e trocar de roupa, abriu a porta do quarto e ao chegar na cozinha, viu seu pai. Naquele momento seu coração ficou apertado, não queria vê-lo triste mais uma vez... Porém, quando olhou para ele viu um lindo e radiante sorriso, ele correu ao seu encontro e falou:

    - Filha, lembra que ontem a noite você me perguntou por que estava triste?

    - Lembro sim papai...

    - E você lembra que eu havia te falado para não se preocupar, pois hoje tudo estaria melhor?

    - Lembro também papai...

    - Pois é filha, hoje tudo esta ótimo! Vou te contar tudo o que aconteceu... Ontem fui demitido lá no meu trabalho, cheguei em casa muito triste e preocupado, não sabia como seria nossas vidas sem o meu salário para pagar nossas contas, fui dormir para ver se hoje tomava alguma decisão, mas logo cedo o telefone tocou, era um antigo patrão meu me chamando para trabalhar em sua empresa e para ganhar bem mais do que ganhava no outro... Você acredita nisso minha filha?

    - Acredito sim papai... Pois esta noite tive um sonho onde tudo acontecia da mesma forma que o senhor está me falando...

    - Como assim? (Perguntou seu pai)

    - Quando me falou para não me preocupar, fiquei mais preocupada ainda e quando o senhor saiu do quarto me levantei e fui escutar sua conversa com a mamãe, desculpe-me, sei que não agi certo escutando sua conversa pela porta, porém, queria saber o que estava acontecendo, e quando ouvi o senhor falar que tinha sido demitido, voltei para minha cama muito triste, passei horas para conseguir dormir e quando conseguir sonhei a mesma coisa que está acontecendo agora.

    - Como isso pode acontecer?

    - Não sei papai, só sei que meu sonho tornou-se realidade e eu estou muito feliz por vê-lo feliz!

    - Minha filhinha linda... Te Amo Muito!

    - Também Te Amo Muito papai!




    E os dois abraçaram-se, felizes, pois sonho de criança é sempre abençoado por Deus, quando o desejo vem do coração!




    Minéia Pacheco!



    Avatar





    • Amamos Muito Suas Histórias Mineia

      RESPOSTA





    • Amamos Muito Suas Histórias Mineia

      RESPOSTA





    • OI MEU NOME É FLAYRA E SEMPRE ESTOU VISITANDO O SEU BLOG,TENHO APENAS 7 ANOS E MEU PAI LER PARA MIM SUAS HISTORINHAS. CAMPO GRANDE RN.

      RESPOSTA





    • olha gosto muito do blog, toda noite antes de dormir eu passo por aqui para ler uma historia juntamente da minha mãe

      RESPOSTA





    • Você não pode imaginar o efeito desta história na acolhida do colégio. E não sou de saber contar história mas ela é tão linda que faz com que a gente se emocione e dar uma ênfase nas lágrimas que nos olhos caem. Junto com as imagens que encontrei no blog da Clara Libe. FOI LINDO E EMOCIONANTE. Com certeza um sentimento rolou e teverá ter fruto. É assim que podemos mudar esse quadro de violencia no mundo. Obrigada amiga que Deus te ilumine pelo seu trabalho.

      RESPOSTA





    • Mineia,que lindo conto infantil!Puro amor!Adorei!Bjs,

      RESPOSTA





    • Oi Minéia!

      Lindo blog, lindas histórias.

      Bjs meus e da Sofia!!

      RESPOSTA





    • Oi linda, que delícia receber a sua visita e o seu carinho.
      Realmente, temos que abraçar muitoooo o nosso pai... sempre...
      Não sabemos o dia de amanhã!
      Beijosss grandessss...
      Lu

      RESPOSTA





    • UMA COMOVENTE E LINDA HISTÓRIA!Como sempre, me encanto aqui!beijos,chica

      RESPOSTA





    • OI Minéia,
      muito obrigada por participar do sorteio lá do blog. Não vejo a hora de estar sorteando um livro seu!

      Passa lá que tem selinho para você, tá?

      Parabéns por mais uma história linda.
      beijos
      Chris
      http://inventandocomamamae.blogspot.com/

      RESPOSTA
















    Copiar essas ideias sem a permissão do autor é crime, pois isso configura uma forma de roubo e roubar ideias é plágio, e plágio é crime. Art. 184 – Código Penal

    © Copyright 2017 - Minéia pacheco. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido, ou usado, exceto com a permissão prévia por escritor.