• 30
    MAR

    Imagem encontrada AQUI! - Papai e mamãe quantas vezes já falei para desligarem a torneira enquanto estão escovando os dentes? - Mamãe quantas vezes tenho que falar para a senhora aprender a primeiro ensaboar os pratos e depois lavá-los todos de uma só vez? - Papai, primeiro ensaboa-se o carro, e só depois é que os lava por completo. Jo&at ...

    Imagem encontrada AQUI!
     
    - Papai e mamãe quantas vezes já falei para desligarem a torneira enquanto estão escovando os dentes?
     
    - Mamãe quantas vezes tenho que falar para a senhora aprender a primeiro ensaboar os pratos e depois lavá-los todos de uma só vez?
     
    - Papai, primeiro ensaboa-se o carro, e só depois é que os lava por completo.
     
    João não aguentava mais, sempre as mesmas recomendações e os pais continuavam a fazer as coisas erradas.
     
    - João acho linda essa sua preocupação com o desperdício da água em nossa casa, mas você não acha que esta muito preocupado com isso? – Falou a mãe.
     
    - E a senhora acha que não deveria me preocupar? A qualquer momento a água do mundo pode acabar por culpa das pessoas que não a usam corretamente e a senhora acha que devo ficar calmo? – Falou João.
     
    - Acho sim! – Falou a mãe.
     
    - Mas não posso, sou responsável pelo futuro do planeta, o mundo precisa de mim! – Falou João.
     
    - Mas filho, você sozinho não pode salvar o mundo.
     
    - O mundo não, mas fazendo minha parte posso salvar minha casa, posso ensinar a minha família a usar corretamente a água e quando atingir esse objetivo estarei satisfeito e consciente que fiz minha parte para preservar a água no mundo.
     
    - Que maravilhoso pensar assim filho! – Falou a mãe.
     
    - Vem aqui mamãe, olhe nosso jardim, para quê ligar uma mangueira se um regador dá conta do recado, gasta menos e as plantinhas ficam satisfeitas, água demais é até ruim para elas, assim é a forma ideal de regá-las. – Falou João.
     
    - Tudo bem João, você me convenceu e de hoje em diante estarei do seu lado na luta para conscientizar nossa família a usar corretamente a água e depois vou até dar umas dicas para nossa vizinha, ela gasta muita água no jardim. – Falou a mãe.
     
    - É esse meu objetivo, vamos fazer uma corrente do bem, eu ensino minha família, minha família ensina os vizinhos, os vizinhos os amigos e assim uns aos outros vão ensinando a economizar água e quando menos percebemos essa pequena atitude que começou aqui, em nossa casa, estará pelo mundo inteiro. – Falou João.
     
    - Você é um gênio João. – Falou a mãe.
     
    - Só quero o melhor para mim e para o mundo, e se aprendemos a usar a água corretamente todos sairão ganhando. – Falou João.
     
    E assim, o pequeno João fazendo sua parte com sua família foi conseguindo seu objetivo, aos poucos sua corrente do bem foi chegando a todos os lugares no mundo e chegará o dia em que não haverá desperdício de água, pois todos conhecerão as atitudes de João e aprenderão com ele a não desperdiçar tanta água.
     
     

    É proibido copiar os conteúdos do blog sem a autorização do autor!
     
    Autora: Minéia Pacheco



    Avatar









    20
    MAR

    Imagem encontrada AQUI! Júlia sempre gostou de tomar banho, diferente da maioria dos seus colegas de classe que não curtiam muito um bom banho, ela passava horas e horas no chuveiro passando sabonete, xampu, condicionador e tudo que fosse preciso para ficar cheirosa, pois ela amava ficar limpa, detestava sujeira. Porém havia um problema, um grande problema, Júlia gast ...

    Imagem encontrada AQUI!
     
    Júlia sempre gostou de tomar banho, diferente da maioria dos seus colegas de classe que não curtiam muito um bom banho, ela passava horas e horas no chuveiro passando sabonete, xampu, condicionador e tudo que fosse preciso para ficar cheirosa, pois ela amava ficar limpa, detestava sujeira.
     
    Porém havia um problema, um grande problema, Júlia gastava água demais debaixo do chuveiro, passava muito tempo ensaboando-se e deixava o chuveiro lá jorrando água sem precisão, puro desperdício!
     
    Sua irmã sempre falava:
     
    - Desliga esse chuveiro Júlia, já falei que quando estiver ensaboando-se não precisa deixa-lo ligado.
     
    Mas Júlia esquecia, e ela só se lembrava de desligar quando a irmã chamava sua atenção. Na verdade Júlia achava esse negócio de economizar água uma grande besteira, para ela a água nunca iria acabar. E foi conversar, depois do banho demorado, com sua irmã:
     
    - Isabel você acha mesmo que se gastarmos água demais um dia ela irá acabar?
     
    - Claro que sim Júlia, você não vê que em todos os lugares só se fala em economizar água? Ela está acabando, na escola é só o que os professores falam, em todos os lugares. Se continuarmos gastando-a desnecessariamente um dia ela chegará ao fim, disso tenho certeza.
     
    - Sabe, acho que isso é uma grande bobagem, claro que a água não irá acabar um dia.
     
    - Me diga uma coisa?
     
    - O que Isabel?
     
    - Se um dia ela realmente acabar o que você irá fazer?
     
    - Se ela acabar mesmo irei ficar muito desesperada, pois não suporto sujeira, preciso dos meus banhos diários e sem eles não sei o que seria de mim.
     
    - Pois é, o que te custa economizar nos banhos, desligar o chuveiro quando for se ensaboar?
     
    - Não custa nada!
     
    - Então faça isso, mesmo se você não acredita que um dia ela possa acabar, não vamos desperdiçar um bem tão precioso que temos. Temos que usar também o bom senso?
     
    -Bom senso?!
     
    - Sim, pois não é só por que temos água abundantemente saindo pela torneira que iremos gastá-la em vão. Vamos usar apenas o necessário.
     
    - Você tem razão irmã. Neste ponto concordo com você!
     
    - A água é um elemento natural muito importante para nós, sem ela não sobreviveríamos, e mesmo que pessoas como você acreditem que ela não irá acabar, para quê estar desperdiçando tanto?
     
    - Pronto você me convenceu! Irei continuar com meus banhos maravilhosos, mas ficarei de olho no chuveiro e sempre irei desliga-lo quando não o estiver usando, gastar apenas o que for necessário, sempre!
     
    - Pois é, vamos usar da melhor forma possível à água. E desperdício?
     
    As duas responderam juntas:
     
    - JAMAIS!
     
     
    É proibido copiar os conteúdos do blog sem a autorização do autor!
     

    Autora: Minéia Pacheco



    Avatar









    16
    MAI

          Manoel era um garoto que se preocupava com o planeta em que vivia, ficava muito triste sempre que observava alguém jogando lixo no chão e não conseguia acreditar como nos dias atuais poderiam existir pessoas que agissem assim.   No parque próximo a sua casa existiam coletores de lixo recicláveis, porém não serviam de nada, ...


     
     
     
    Manoel era um garoto que se preocupava com o planeta em que vivia, ficava muito triste sempre que observava alguém jogando lixo no chão e não conseguia acreditar como nos dias atuais poderiam existir pessoas que agissem assim.
     
    No parque próximo a sua casa existiam coletores de lixo recicláveis, porém não serviam de nada, pois as pessoas não sabiam o lugar de cada lixo ou muitas vezes não se importavam e acabavam jogando o lixo em qualquer lugar mesmo.
     
    Manoel decidiu fazer a diferença naquele lugar e resolveu ensinar aos frequentadores do parque o lugar certo de cada lixo. Não seria uma tarefa fácil, mas pelo bem do seu planeta ele faria qualquer coisa.
     
    Primeiro ele ficou observando as pessoas e quando alguém jogava algo no chão ou colocava no coletor errado, ele rapidamente corria ao encontro da pessoa e explicava sobre a agressão que estavam fazendo ao planeta jogando lixo no chão, ou explicava o lugar certo de cada lixo nos coletores do parque:
     
    - No coletor azul devemos jogar papel, no amarelo metal, no vermelho plástico, no verde vidro e lixos que não são recicláveis devemos jogá-los no coletor marrom, simples assim!
     
    As pessoas sentiram-se motivas para ajudar Manoel e aos poucos o parque foi se tornando um exemplo com pessoas educadas e conscientes com o meio ambiente. Lixo no chão por lá? Nunca mais foi visto!
     
    E que sirva de lição que lugar de lixo é no lixo e que cada lixo tem seu lugar, se cada um fizer a sua parte muita coisa pode mudar, Manoel fez a diferença no parque que frequentava, basta ter força de vontade, pois fazer o que é certo não custa nada!
     
     
     
     
    Autora MINÉIA PAHECO




    Avatar












  • 25
    SET

                Ele amava o mundo onde vivia e ficava muito triste quando presenciava alguém fazendo algo errado com ele.   - Como pode alguém tratar tão mal nossa amada casa? – Pensava.   Marquinho tentava sempre fazer sua parte, brigava quando alguém jogava lixo nas ruas, quando alguém derrubava uma árvore sem a ...


     
     
     
     
     
     
    Ele amava o mundo onde vivia e ficava muito triste quando presenciava alguém fazendo algo errado com ele.
     
    - Como pode alguém tratar tão mal nossa amada casa? – Pensava.
     
    Marquinho tentava sempre fazer sua parte, brigava quando alguém jogava lixo nas ruas, quando alguém derrubava uma árvore sem autorização, quando alguém gastava água desnecessariamente. Achava um absurdo ver as coisas horríveis que andavam fazendo com seu adorado mundo e resolveu que teria que fazer mais, muito mais!
     
    Fez um pedido, um pedido que vinha do fundo do seu coração, pediu para ficar grande, ficar gigante, maior que o universo. Como todos já sabem, desejo de criança quando vem do fundo do coração sempre é realizado e foi assim que Marquinho se tornou um gigante enorme. Ficou tão grande que o mundo coube entre seus braços, ele estava tão feliz que a primeira coisa que fez, foi pegar seu planeta e lhe dar um enorme abraço, um braço que quase não teve fim.
     
    - Querida terra, vim te proteger, andam fazendo muitas coisas erradas com você e não quero mais te ver sofrer. Por isso, me tornei um gigante, vou sempre estar contigo entre meus braços, te protegendo, te amando!
     
    - Querido Marquinho, falou a terra, sua atitude muito me emociona, pois há tempo não encontro uma criança tão preocupada com o planeta como você e sei que seus cuidados comigo vem do fundo do seu coração, pois vejo o quanto queres me ajudar e o quanto me amas. Porém, você não pode passar toda sua vida a me abraçar, não pode viver sempre como um gigante. Volte meu amado amigo, volte a ser criança, volte a ter os cuidados que você sempre teve comigo, pois suas atitudes já mudaram muitas pessoas e estão me ajudando muito, você nem imagina o quanto!
     
    Então Marquinho deu mais um forte abraço em seu adorado mundo e voltou a ser o pequeno de antes, mas não podemos esquecer, que tamanho nem sempre diz alguma coisa, ele pode até ser pequeno de estatura, mas se preocupava com seu mundo como um gigante e voltou a fazer o que fazia de melhor, protegê-lo!
     
     
                                                            Autora Minéia Pacheco
     
     



    Avatar









    12
    SET

    Ítalo andava muito chateado com a quantidade de lixo que encontrava no parque do seu bairro. Não podia acreditar que nos dias atuais ainda existissem pessoas que jogassem tanto lixo no chão e que não se importassem com o próximo e nem com o meio ambiente. - É muita falta de respeito com a natureza jogar lixo no chão. - Ele falava sozinho enquanto p ...



    Ítalo andava muito chateado com a quantidade de lixo que encontrava no parque do seu bairro. Não podia acreditar que nos dias atuais ainda existissem pessoas que jogassem tanto lixo no chão e que não se importassem com o próximo e nem com o meio ambiente.

    - É muita falta de respeito com a natureza jogar lixo no chão. - Ele falava sozinho enquanto pegava algumas garrafas plásticas pelo caminho para jogar no lixo.

    - Também acho garoto. – Falou uma senhora que estava próximo dele. Trabalho nesse parque há muitos anos e sempre foi assim, são crianças, adolescentes, adultos, todos jogam lixo do chão.

    - Mas isso tem que mudar. As pessoas precisam ser mais conscientes e ter mais educação.

    - Concordo garoto, mas as pessoas acham mais fácil jogar as coisas pelo chão do que ir atrás de alguma lixeira. E olhe que aqui no parque temos várias, mas quem sempre vence é o chão!

    - Isso tem que mudar e já!

    - O que você vai fazer? – Ela perguntou.

    - Vou ficar aqui observando as pessoas e irei conversar com aquelas em que eu ver jogando lixo no chão.

    Ítalo sentou um pouco no banco da praça, mas nem precisou esperar muito e logo viu um garotinho jogando o saquinho de biscoito no chão.

    - Ei garoto, sabia que é falta de educação jogar lixo no chão?

    - Desculpe, mas não vi nenhuma lixeira por aqui.

    - Olha uma logo ali, você não sabe o mal que faz ao meio ambiente cada vez que joga algo no chão.

    - Vou agora mesmo jogar esse saquinho do biscoito do lixo, desculpe-me.

    Mas a frente Ítalo viu uma senhora jogando um saquinho de bombom no chão.

    - Ei senhora, não sabia que é falta de educação jogar lixo no chão?

    - Oi garotinho, nem vi que havia caído da minha mão, vou agora mesmo jogar no lixo, obrigada.

    Ítalo passou toda a tarde conscientizando as pessoas a não jogarem lixo no chão e no final do dia quando a senhora que trabalhava no parque chegou, ficou impressionada com o que viu e falou:

    - Nossa garoto como já te falei trabalho nesse parque há anos, mas nunca o vi tão limpo como hoje. Você está de parabéns!

    - Não precisa agradecer, só fiz o que acho certo, falei para as pessoas que LUGAR DE LIXO É NO LIXO e espero que elas tenham aprendido.

    - Pelo que estou vendo aqui, elas aprenderam sim!


     


    Autora Minéia Pacheco

     
     



    Avatar









    01
    JUN

    Êta! Que o mês de Junho enfim chegou, trazendo muita alegria e diversão Sim senhor! As festas desse mês são prá lá de especiais, Santo Antônio, São Pedro e São João, animados estão, pois essas festas típicas trazem muita animação. Pular fogueira, comer comidas tí ...



    Êta! Que o mês de Junho enfim chegou,

    trazendo muita alegria e diversão

    Sim senhor!

     

    As festas desse mês

    são prá lá de especiais,

    Santo Antônio,

    São Pedro e

    São João,

    animados estão,

    pois essas festas típicas

    trazem muita animação.

     

    Pular fogueira,

    comer comidas típicas;

    é muita diversão,

    por isso é uma festa tão aguardada

    no Nordestão!

     

    A garotada já está preparando

    a roupa para dançar,

    pois nessa grande festa,

    todos dançam quadrilha sem parar!

     

    Seja bem-vindo Junho,

    Seja bem-vindo “mês da alegria”,

    Que nossas comemorações

    ao lado da fogueira

    traga-nos muitas e muitas ALEGRIAS!

     




    Avatar





    • Minéia,
      Parabéns pelas comemorações por aí,principalmente dos aniversários.
      Seu poema é lindo e também a mim traz belas recordações da infância festeira lá no CE.
      Grande abraço,

      RESPOSTA





    • Minéia,
      voltei para agradecer sua participação no sorteio do meu blog. Fiquei muito feliz e já desejo uma dupla sorte!! =)

      E obrigada por me avisar do errinho das datas! ;)

      Abraço,
      Carol :)
      http://bembemsimples.blogspot.com

      RESPOSTA





    • As comidas típicas desse mês... hmmmm!
      É um dos meus meses preferidos! :)

      Já vou aproveitar para te convidar a conhecer o meu blog e participar do sorteio que está acontecendo lá! =)

      Um grande abraço,
      Carol :)
      http://bembemsimples.blogspot.com

      RESPOSTA





    • Mineia,que delícia esse mes de junho,não é mesmo?Adoro festa junina e sua poesia trouxe boas recordações!Aproveito para deixar minhas felicitações a vc e sua familia pelos aniversários!Quanta gente esse mes!...rss...bjs,

      RESPOSTA





    • Opa, então temos muito a festejar.
      Preciso preparar a festa pra ti e pra Su, amigas lindas dessa mundinho delicioso.

      E o balão vai subindo
      Vem caindo a garoa
      E eu estou feliz
      Estou numa boa....rsrs

      Beijos querida Minéia.

      RESPOSTA





    • Querida Amiga..
      Demoro mais volto uma linda noite como amanhã já é quinta feira desejo um feliz final de semana beijos meus,Evanir.

      RESPOSTA





    • eba!!! Junho chegou, o mês mais lindo do ano!!!rsrs

      Minéia, amiga querida, adorei a saudação que você fez para o nosso mês,uma graça!!! Adorooooo Junho e meu marido também faz aniversário agora no dia 04... viva os geminianos!!!

      Vi o recado da Helena também, ela falou mesmo que é em fevereiro, rs...

      Beijos e que venha Junho!!!

      Su.

      RESPOSTA





    • Oi Minéia,
      e é o mês de aniversário da Sofia também. Um mês muito especial. Que venham muitas alegrias.
      beijos
      Chris
      http://inventandocomamamae.blogspot.com/

      RESPOSTA





    • Lindo poema saudando Junho que tem tantas festas ,heim? E temos que descobri o que me falta, o da Helena! Quem descobrir, avisa,tá?rsrs


      um beijo,chica

      RESPOSTA












  • 25
    ABR

    O dia em que duas menininhas salvaram uma árvore! Anne e Beth tinham algo em comum, o amor a natureza! No parque onde elas costumavam brincar existia uma bela árvore que ficava longe das demais, em um cantinho isolado. Todos os dias elas iam ao parque para ficarem mais perto da árvore, lá elas brincavam, lanchavam e passavam um bom tempo se divertindo próximo a bela árvore.Certo dia, ao cheg ...



    O dia em que duas menininhas salvaram uma árvore!



    Anne e Beth tinham algo em comum, o amor a natureza! No parque onde elas costumavam brincar existia uma bela árvore que ficava longe das demais, em um cantinho isolado. Todos os dias elas iam ao parque para ficarem mais perto da árvore, lá elas brincavam, lanchavam e passavam um bom tempo se divertindo próximo a bela árvore.

    Certo dia, ao chegarem próximo a árvore, elas observaram uma enorme movimentação de pessoas próximas e falaram:

    - O que deve está acontecendo Anne? - Perguntou Beth.

    - Acho que as pessoas devem ter descoberto nossa bela árvore e agora estão admirando-a como nós. - Falou Anne.

    Mas ao chegarem perto elas viram que não era bem isso que realmente acontecia...

    Observaram um homem fardado com um enorme serrote nas mãos, ele estava preparado para corta a árvore ao meio e as pessoas ao redor estavam observando a cena e sem pensar duas vezes, Anne falou:

    - O que o senhor pensa que vai fazer? Não pode derrubar essa árvore meu senhor, ela pertence ao parque e é contra a lei da nossa cidade derrubar qualquer árvore desde parque!

    - Com licença garotinha, mas você não sabe de nada! - Falou o homem.

    - Desculpe senhor, mas quem não sabe nada é você! Nós conhecemos as leias da nossa cidade, principalmente no que diz respeito ao meio ambiente, a natureza! E se o senhor derrubar essa árvore será multado e até preso! - Falou Beth.

    - Tenho que derrubar essa árvore, pois ela não irá fazer falta, está longe das demais.

    - Claro que irá fazer MUITA falta, qualquer árvore do mundo que alguém derruba faz MUITA falta! - Falou Anne.

    - Nos gostaríamos que o senhor fosse embora com esse serrote horroroso daqui! - Falou Beth.

    - Não irei mesmo, não vai ser duas garotinhas do tamanho de nada que irá me impedir de derrubar essa árvore, vocês não sabem de nada!

    A multidão que estava ao redor da árvore começou a vaiar o homem que queria derrubar a árvore, mas ele nem ligou, ligou o serrote e o colocou próximo do tronco...

    - NÃO!!! - Gritaram as meninas.

    E quando ele e preparava para derrubar a árvore de vez, ouviu a voz de homem gritando:

    - Desligue esse serrote agora, ou você será preso!!!

    Era o prefeito da cidade.

    - Nossa cidade tem uma lei onde é proibido cortar qualquer árvore deste parque, quem mandou você aqui?

    - Desculpe-me Senhor prefeito e ninguém me mandou aqui, sempre via essa árvore sozinha longe das demais e então resolvi derrubá-la, pensei que não iriam sentir a falta dela.

    - Você está muito enganado, qualquer árvore a menos no planeta faz MUITA falta sim, e graças à s meninas essa árvore não foi derrubada hoje, graças ao empenho em preservar a natureza. Agora vá embora e espero que tenha aprendido a lição!

    Depois de toda aquela confusão, Anne e Beth passaram a amar ainda mais a bela árvore e todos ficaram conhecendo-as como as meninas protetoras da natureza e claro que também entrou para a história da cidade o dia em que duas menininhas salvaram uma árvore!



    Minéia Pacheco



    Avatar









    23
    JUN

    Noite Iluminada! No céu uma estrela brilhou Avisando a todos Que a noite de São João Enfim chegou! João e Maria Começaram logo a se animar Joãozinho na sanfona E Maria a Bailar! A fogueira acessa A iluminar a noite Comidas típicas Para saciar toda a fome! Dança Menino Dança Menina É Noite de São João E de ...


    (Fonte da imagem: Google!)

    Noite Iluminada!


    No céu uma estrela brilhou
    Avisando a todos
    Que a noite de São João
    Enfim chegou!


    João e Maria
    Começaram logo a se animar
    Joãozinho na sanfona
    E Maria a Bailar!


    A fogueira acessa
    A iluminar a noite
    Comidas típicas
    Para saciar toda a fome!


    Dança Menino
    Dança Menina
    É Noite de São João
    E de muita alegria!


    Não quero ver
    Crianças a soltar balão
    Isso é coisa muito feia
    E pode trazer muita confusão!


    Vamos fazer dessa noite
    Uma grande festa caipira
    Dançando quadrilha
    E se divertindo com muita alegria!


    Viva o São João!!


    Por Minéia Pacheco!




    Avatar









    23
    JUN

    Uma Noite de São João Especial! Ricardo acordou muito feliz no dia 23 de junho, pois naquela noite ele dançaria pela primeira vez em uma festa de São João! Estava muito ansioso, iria dançar quadrilha e não queria errar os passos, por isso, pediu para que sua mãe ensaiasse com ele, treinando a apresentação que iria fazer logo m ...

    Uma Noite de São João Especial!

     

    Ricardo acordou muito feliz no dia 23 de junho, pois naquela noite ele dançaria pela primeira vez em uma festa de São João!

     

    Estava muito ansioso, iria dançar quadrilha e não queria errar os passos, por isso, pediu para que sua mãe ensaiasse com ele, treinando a apresentação que iria fazer logo mais à noite.

     

    Nervoso, ele falou:

     

    - Mamãe, acho que não estou dançando bem. Não quero errar no meio de todos os moradores do bairro. Acho que irei desistir!

     

    - Filho, você está dançando muito bem. Não esqueça que o mais importante é a diversão! Será a primeira vez que você irá dançar a quadrilha do bairro, é normal ficar nervoso, tenho certeza de que dará tudo certo.

     

    A noite chegou e o fogo das fogueiras fazia com que a noite ganhasse uma cor especial, algumas crianças estavam na companhia de seus pais a soltar fogos, fazendo com que a cor e o brilho da noite ficassem ainda mais bonitos!

     

    A quadrilha já estava para começar e Ricardo muito nervoso estava na fila para no salão entrar...

     

    Pegou na mão de seu par e falou:

     

    - Darei o meu melhor, esta é minha primeira quadrilha e quero lembrar-me dela sempre com muita alegria!

     

    E lá foram felizes e animados... Aquela seria uma linda quadrilha.

     

    Ricardo dançou, e dançou muito bem. Fez uma bela apresentação e todos lhe deram os parabéns!

     

    Sua mãe muito feliz foi seu filho abraçar, e lhe disse bem baixinho:

     

    - Eu te falei que você iria acertar!

     

    Ricardo ficou radiante de tanta felicidade.

     

    E por fim todos foram saborear as comidas típicas de São João, pamonha, canjica, milho assado, arroz doce, pé de moleque e outras delícias preparadas com tanto carinho para aquela noite muito especial... UMA LINDA NOITE DE SÃO JOÃO!

     

    ((Crianças aproveitem bem à linda noite de São João e não esqueçam: SOLTAR FOGOS SÓ AO LADO DE ALGUM ADULTO, NUNCA SOLTEM FOGOS SOZINHAS, É MUITO PERIGOSO... É PRECISO SEMPRE DE COMPANHIA.))

     

     

    MINÉIA PACHECO!

    www.mineiapacheco.com.br

     

    Nossa missão é transmitir valores através de contos infantis.




    Avatar





    • adorei esta historia é muito legal. +++

      RESPOSTA





    • Mineia,que graça de conto e como acontece isso das crianças ficarem ansiosas antes da apresentação!bjs e bom domingo!

      RESPOSTA





    • Adorei!O Dudu meu netinho tb partipou da sua primeira festinha de São joão na Escola.E como Ricardo,fomos depois saborear as comidas .Linda história.Parabéns...Beijossss Giselda

      RESPOSTA





    • OI Mineia,
      muito legal a historia do Ricardo e sua primeira quadrilha.
      Adoro festa de São João e todas as suas comidas típicas. Amanhã nós iremos a uma.
      beijos
      Chris
      http://inventandocomamamae.blogspot.com/

      RESPOSTA





    • Que lindo! Aqui só vemos festinhas nas escolas, muito das sem graça!!!Pena! beijos,tudo de bom,chica

      RESPOSTA





    • Linda esta história, e me fez lembrar da infância.
      Nos dias atuais, aqui no RS, não há mais festas de São Joaõ.
      Eu morava no interior e sempre na escola tinha festa.

      RESPOSTA





    • Oi minha fofa, um conto gostoso que nos traz as delícias dessas festas de junho... Obrigada pelo carinho de sempre. Bj com gotinhas de poesia.

      RESPOSTA












  • 22
    MAI

    O último pingo de água da terra! José desperdiçava muita água com bobagens. Ele não dava importância ao real valor que ela possuía em sua vida. Seus filhos sempre falavam: - Papai, não desperdice tanta água, será que o senhor não vê nos jornais e na televisão que devemos economizá-la? - N&at ...


    (Fonte da imagem: Google!)

    O último pingo de água da terra!

    José desperdiçava muita água com bobagens. Ele não dava importância ao real valor que ela possuía em sua vida. Seus filhos sempre falavam:

    - Papai, não desperdice tanta água, será que o senhor não vê nos jornais e na televisão que devemos economizá-la?

    - Não se preocupem filhos, quem paga a conta sou eu, então posso gastar o quanto quiser!

    - Nós não estamos falando das contas, e sim do desperdício! Se o senhor continuar a gastá-la desse jeito, daqui a alguns anos não terá mais água no mundo!

    - Meus filhos, vocês não tem nem noção do tamanho do mundo, como eu, sozinho, posso gastar toda a água que existe nele? Não se preocupem, o pai de vocês sabe o que está fazendo!

    As crianças ficaram muito preocupadas com esse tipo de pensamento do pai, pois na escola onde estudavam a todo momento os professores falavam que deveríamos cuidar muito bem do nosso planeta, não desperdiçando água, não destruindo árvores, entre outras coisas que agridem nosso planeta e o próprio pai não estava agindo corretamente, e isso não podia continuar!

    - Papai, o que o senhor faria se só existisse um pingo de água em toda a terra?

    - Crianças, por favor, deixem-me lavar o carro em paz. Já falei para vocês que sei o que estou fazendo, gastar um pouco de água não vai fazer mal algum!

    As crianças já desanimadas foram para seus quartos, tristes, por saberem que o próprio pai não dava o mínimo valor a esse bem tão precioso que temos, a água!
    Quando as crianças saíram José ficou pensando na pergunta deles:

    - O que eu faria se só existisse um pingo de água em toda a terra? (Pensou) Mais que bobagem, é claro que isso NUNCA irá acontecer, então não irei perder meu tempo pensando em alguma resposta!

    Então ele continuou a lavar o carro, depois de um tempo colocou a mangueira no chão jorrando água e foi até a sala ver o que estava passando na televisão, sentou no sofá e acabou adormecendo. E a água continuou sendo desperdiçada pelo jardim da casa.
    De repente o Pai acorda e vai até o jardim, ao chegar percebe que a mangueira não estava ligada e pensou:

    - Acho que as crianças me viram dormindo e vieram aqui desligar a torneira. Não sei por quê tanta preocupação, até parece que são eles que pagam a conta!

    Então foi até a torneira para ligá-la novamente, precisava terminar de lavar o carro, porém, ao tentar ligar, nada de água saindo da torneira, pensou que tivesse faltado água e foi até a sala terminar de assistir ao jogo enquanto a água não voltava, ao chegar a sala, percebeu que seus filhos e sua esposa estavam abismados na frente da televisão, se aproximou para saber o que tanto chamava a atenção deles e viu que estava passando um plantão jornalístico e a repórter falava:

    - Urgente! Está faltando água no mundo inteiro. As pessoas estão desesperadas! Os cientistas acabaram de confirmar, a água do mundo acabou e o que resta é apenas um PINGO!

    O Pai não acreditou no que ouviu e pensou:

    - Como toda água do mundo poderia acabar assim, de uma hora para outra?

    E a repórter continuou a falar na televisão:

    - Esse é o resultado da falta de compreensão de muitas pessoas que desperdiçavam muita água e não acreditavam que um dia ela iria acabar. Agora vamos todos ter que sofrer as conseqüências!

    Seus filhos e sua esposa começaram a chorar e falaram:

    - Tudo foi culpa sua... Tudo culpa sua!

    Ele começou a chorar também pedindo desculpas, dizendo que se tivesse outra chance, não iria mais desperdiçar tanta água como antes, e no meio das lágrimas, ele acordou! Tudo não passou de um sonho, de um triste sonho! Sua reação ao acordar foi de correr e desligar a mangueira. Foi ao quarto de seus filhos os abraçou e falou:

    - Queridos filhos, obrigado por tentarem abrir meus olhos e podem ter certeza de que agora em diante irei economizar o máximo de água possível. No que depender de mim nunca terá na terra um ÚLTIMO PINGO DE ÁGUA!

    E os filhos de José ficaram felizes e orgulhosos do pai, pois agora ele estava percebendo a importância da água em suas vidas!

    ((Crianças devemos SEMPRE economizar água, usar somente o necessário!))

    Por Minéia Pacheco!




    Avatar









    15
    ABR

    A solução para o nosso Planeta! - Mamãe, hoje na escola a professora falou que no dia 22 de abril comemoraremos o Dia da Terra. Devemos pensar em algo que possa contribuir para o bom desenvolvimento do nosso planeta, alguma solução para esse problema. (Falou Ricardo chegando em casa.) - Calma filho! Você está muito agitado! - Mas mamãe, a p ...


    (Fonte da imagem: Google!)

    A solução para o nosso Planeta!

    - Mamãe, hoje na escola a professora falou que no dia 22 de abril comemoraremos o Dia da Terra. Devemos pensar em algo que possa contribuir para o bom desenvolvimento do nosso planeta, alguma solução para esse problema. (Falou Ricardo chegando em casa.)
    - Calma filho! Você está muito agitado!
    - Mas mamãe, a professora falou que a Terra precisa de nossa ajuda, pois ela está sofrendo muito!
    - Eu sei filho. Mais primeiro você têm que tomar banho, jantar e amanhã pensaremos em algo. Tudo bem?
    - Não mamãe, não está tudo bem! Pois minha professora disse que o problema é sério, e se nós não fizermos NADA a terra irá sumir!
    - Eu sei meu filho, mais você sozinho não irá fazer grande coisa. Então vamos tomar banho, jantar e dormir, CERTO?
    - Não mamãe, sei que sozinho não posso fazer grandes coisas, mas já posso dar o primeiro passo e quem sabe alguém não me segue? Por favor mamãe, ajude-me a encontrar alguma solução para o problema do nosso planeta.
    - Tudo bem Ricardo, vou te ajudar...
    Então Ricardo e sua mãe ficaram conversando e tentando encontrar alguma solução durante horas...
    - E aí filho, pensou em algo? Já conversamos durante um bom tempo, te falei o que anda acontecendo com nosso planeta. Chegou a alguma conclusão?
    - Cheguei sim mamãe... O nosso planeta está precisando mais de RESPEITO!
    - De respeito?
    - Sim mamãe, pois sempre que derrubamos uma árvore, jogamos lixo nas ruas e tantas outras coisas erradas, estamos faltando com respeito ao nosso planeta. Não é assim que devemos agir! E amanhã falarei com a professora que a solução é RESPEITAR!
    - Muito bem filho, estou muito orgulhosa de você! Agora vamos tomar banho, jantar e dormir?
    - Agora sim mamãe!

    ((Crianças, devemos SEMPRE respeitar e cuidar muito bem do nosso planeta!))

    Por Minéia Pacheco!




    Avatar





    • Oi minha linda irmã...
      Você é o orgulho de nossa família... Seus textos são lindos...
      Vou trabalhar com eles em sala de aula...
      Parabéns...
      Beijos...

      RESPOSTA





    • Olá passando aqui para conhecer seu blog, parabéns pela postagens, adorei... Passarei mais vezes aqui!
      Beijinhos a vc

      RESPOSTA





    • Olá minha cara, texto educativo e reflexivo. Obrigada pelo carinho de sua visita la´no Gotinhas de poesias e interesse em seguir o blog... Um abraço com carinho e com gostinhas de poesia.

      RESPOSTA





    • Uma linda mensagem nessa história.As crianças precisam dela.Lindo blog!beijos,chica

      RESPOSTA
















    Copiar essas ideias sem a permissão do autor é crime, pois isso configura uma forma de roubo e roubar ideias é plágio, e plágio é crime. Art. 184 – Código Penal

    © Copyright 2017 - Minéia pacheco. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido, ou usado, exceto com a permissão prévia por escritor.