• 03
    DEZ

    UM PAPAI NOEL ATRAPALHADO!


     


    (Fonte da imagem: Google!)

     
             Era uma noite de natal como outra qualquer, as crianças dançavam e brincavam ao redor das árvores de natal e os adultos conversavam e riam enquanto comiam as deliciosas ceias natalinas.
     
             Depois de muita festa, as crianças foram dormir ansiosas com a chegada do Papai Noel. Já era meia noite, avisava o relógio da sala, e curiosas as crianças no quarto ficaram em silêncio esperando escutar algum barulhinho vindo da chaminé, esperaram muito... Mas nada do Papai Noel chegar!
     
             - Acho que ele vai se atrasar hoje. – Falou Yuri.
     
             - É, vamos dormir, amanhã saberemos se ele veio ou não. – Falou Amanda.
     
             - Vamos esperar mais um pouco. – Falou Caio.
     
             - Já esperamos demais, vamos dormir. – Falou Cíntia.
     
             E então adormeceram...
     
             Algumas horas depois Caio acorda com um barulho estranho, com medo, ele vai logo acordar Yuri.
     
             - Yuri, acorda! Estou escutando uns barulhos estranhos, é como se alguém estivesse pedindo socorro.
     
             - O quê? Não é nada... Vá dormir!
     
             Enquanto conversavam, o barulho novamente aconteceu. Yuri foi logo acordar Amanda.
     
             - Amanda, acorda! Está acontecendo alguma coisa lá em baixo.
     
             - Deixe-me dormir! – Ela falou.
     
             E mais uma vez o barulho estranho voltou a acontecer.
     
             - Nossa, o que será isso? – Falou Amanda.
     
             - Não sei, vamos lá. – Falou Yuri.
     
             - Vamos acordar a Cíntia, iremos nós quatro.
     
             Chegando perto dela...
     
             - Acorda Cíntia, está acontecendo alguma coisa lá em baixo, vamos lá ver!
     
             - Não irei, se for um ladrão? - Falou Cíntia.
     
             - Vamos descobrir juntos, vem! – Falou Amanda.
     
    Então os quatro desceram e procuraram descobrir de onde vinham os gritos, escutaram mais uma vez:
     
             - Socorro!!!
     
             E Yuri falou:
     
             - Quem está aí?
     
             E a voz respondeu:
     
             - Estou preso na chaminé!
     
             - Como você foi parar aí? – Perguntou Amanda.
     
             - Estava tentando entregar alguns presentes e fiquei preso. Por favor! me ajudem!
     
             - Então você é Papai Noel? – Perguntou Caio.
     
             - Sim, sou eu mesmo, me ajudem!
     
             - Não acredito! PAPAI NOEL PRESO EM NOSSA CHAMINÉ? – Falou Cíntia
     
             - Vamos ajudá-lo, mas como? – Falou Yuri.
     
             - Papai Noel prenda a respiração que iremos te puxar! – Falou Amanda.
     
             - Mas como, ele está muito alto? – Perguntou Caio.
     
             - Vamos ficar um encima do ombro do outro e assim ficaremos na altura certa para salvar o Papai Noel.
     
             E assim fizeram, chegando perto do Papai Noel o puxaram, puxaram muito até ele conseguir descer a chaminé. E todos gritaram alegres:
     
             - Conseguimos!!!!
     
             - Obrigado crianças! já estava ficando muito preocupado, pois tenho muitos presentes para entregar essa noite, como iria se ficasse preso na chaminé a noite toda? Vocês salvaram a noite de natal de muitas crianças... Ho Ho Ho!
     
             - Mas Papai Noel, como o senhor irá entregar outros presentes se já não consegue descer pela chaminé?
     
             - Papai Noel dá um jeitinho para tudo, só não irei deixar minhas lindas crianças sem presentes de natal. Próximo ano farei um regime e assim poderei voltar a descer a chaminé como sempre desci. Agora irei deixar o presente de vocês aqui, mas, por favor, só abram amanhã, não tem graça abrir agora.
     
             - Claro que abriremos só amanhã! – elas falaram.
     
             - Mais uma vez, obrigado crianças! vocês salvaram esse Natal, Ho Ho Ho!
     
             No dia seguinte as crianças desceram eufóricas para abrirem seus presentes de natal, elas amaram o que ganharam, em cada um desses presentes havia um bilhetinho que dizia:
     
             - Queridas crianças, consegui entregar todos os presentinhos de Natal graças a vocês. Prometo fazer um belo regime e não dar mais trabalho no próximo ano. QUE A MAGIA DO NATAL NUNCA DESAPAREÇA DE SEUS CORAÇÕES! Feliz Natal!
     
    Minéia Pacheco

     


    Avatar








    MINÉIA PACHECO
    Escritora



  • ANUNCIE AQUI




    PARA PENSAR

    Ah, como é importante para a formação de qualquer criança ouvir muitas, muitas histórias... Escutá-las é o início da aprendizagem para ser um leitor, e ser leitor é ter um caminho absolutamente infinito de descoberta e de compreensão do mundo...
    (Fanny Abramovich)





    Copiar essas ideias sem a permissão do autor é crime, pois isso configura uma forma de roubo e roubar ideias é plágio, e plágio é crime. Art. 184 – Código Penal

    © Copyright 2017 - Minéia pacheco. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido, ou usado, exceto com a permissão prévia por escritor.