• 29
    OUT

    QUERO VOAR!


     
    Quero Voar!

     

    José, o papagaio, não suportava mais ficar trancado em uma gaiola, ele queria ser livre, poder voar livremente e sentir o sabor da liberdade.

     

    Seus donos eram muito amáveis, davam-lhe a comida na hora certa, brincavam, conversavam e faziam ele se sentir muito bem dentro da gaiola. Mas os papagaios, e nenhum outro animal, foram criados para viverem dentro de gaiolas, eles devem ser livres, voar livremente e não viver para sempre trancados, presos, sem poder sentir o sabor da liberdade.

     

    José armou um plano para fugir dali, seria na hora do banho, ele teria que ser muito esperto e ágil para que seu plano desse certo... Já não conseguia dormir pensando em tudo que tinha planejado, estava muito ansioso com a chegada do grande dia.

     

    Quando o grande dia chegou, José estava muito nervoso, seus donos não perceberam o porquê de tanto nervosismo, pensavam que ele estava feliz por tomar banho. E aproveitando um momento de distração, José livrou-se das mãos deles e conseguiu voar livremente por dentro da casa, os donos correram atrás tentando pegá-lo, mas José voava muito rápido e foi impossível pegá-lo novamente. E foi assim que ele ganhou a liberdade ao passar por uma janela voando livremente. Sentiu-se livre, feliz e satisfeito com sua conquista.

     

    Voou, voou, voou... Encontrou uma enorme floresta pelo caminho e lá pousou em uma árvore. Respirou o ar puro da floresta e percebeu que outros animais o observavam. Eram outros papagaios que lhe deram as boas-vindas. Ele ficou muito feliz, pois além de ter ganho a liberdade, ganhou outros amigos da mesma espécie; e, enfim, estava se sentindo em casa.

     

    Pensou em outros tantos animais que, infelizmente, ainda estavam presos em gaiolas minúsculas. Sentiu-se triste por eles e prometeu a si mesmo que assim que pudesse, iria visitar alguns desses animais a fim de dar a dica de fuga que ele havia praticado, e que tinha tido muito sucesso.

     

    Convenceu-se que lugar de bicho não é trancado em gaiolas, ou em outras coisas... Lugar de bicho é na floresta, é voando por aí livremente e sendo feliz vivendo em seu habitat natural... Assim como ele agora estava!

     

    E vocês amiguinhos, concordam que todos os bichinhos devem viver livres? Torço para que a resposta seja... SIM!

     

    Beijos.

     

    MINÉIA PACHECO!

    www.mineiapacheco.com.br

    Nossa missão é transmitir valores através de contos infantis.

     






    Copiar essas ideias sem a permissão do autor é crime, pois isso configura uma forma de roubo e roubar ideias é plágio, e plágio é crime. Art. 184 – Código Penal

    © Copyright 2017 - Minéia pacheco. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido, ou usado, exceto com a permissão prévia por escritor.