• 29
    AGO

    RODA PIÃO!




    André, João e Flávio estavam fazendo o que sempre faziam à tarde depois da escola, brincando de pião!

    Esse era o momento do dia mais feliz para eles!

    - Vamos jogar nossos piões no chão e ver qual roda mais? - Perguntou Flávio.

    - Gostei da ideia! - Falou André.

    - E eu mais ainda, pois já sei que o meu ficará por mais tempo a rodar... Sou o melhor jogador de pião que já existiu! - Falou João.

    Os três meninos começaram a enrolar a corda no pião e quando todos já estavam preparados, jogaram os piões no chão. E eles rodaram, rodaram, rodaram... Até que o primeiro pião parou de rodar. Era o de João, ele não gostou de ver seu pião sendo o primeiro a sair da brincadeira, ficou muito chateado e foi para longe.

    - João, para onde você vai? - Perguntou Flávio.

    - Não quero mais saber dessa brincadeira chata! - Ele falou.

    E então André falou para Flávio.

    - João não gostou de ter saído logo da brincadeira, pois ele fala para todos que é o melhor jogador de pião por aqui!

    - Mas isso é uma grande besteira André, estamos aqui para jogar e nos divertir e não para saber quem é o melhor.

    - Concordo com você Flávio, mas João não pensa assim...

    - Vamos continuar jogando, não vamos perder nossa tarde de brincadeira por causa do João, ele não sabe o que está perdendo!

    Os meninos recomeçaram a jogar o pião e a ver qual ficava mais tempo no chão a rodar. De longe João via a alegria dos amigos e percebeu a grande besteira que estava fazendo. Voltou para os amigos e falou:

    - Desculpem o meu egoísmo e a minha mania de sempre querer ser o melhor em tudo que faço, aprendi vendo vocês jogando o pião de longe que o importante mesmo é se divertir e ser feliz.

    - E você está certíssimo! - Falaram os amigos.

    Os três continuaram a jogar seus piões por muitas horas ainda, não importava quem saía primeiro ou quem ficava até o final, o importante mesmo naquele momento para eles era a paixão que tinham em jogar pião e claro, a diversão!



    Autora Minéia Pacheco






    Copiar essas ideias sem a permissão do autor é crime, pois isso configura uma forma de roubo e roubar ideias é plágio, e plágio é crime. Art. 184 – Código Penal

    © Copyright 2017 - Minéia pacheco. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste site não pode ser reproduzido, distribuído, transmitido, ou usado, exceto com a permissão prévia por escritor.